domingo, 10 de outubro de 2010

Poeminha erótico

Dânae, Klimt




Como um perceve... de leve...
Segue sem freios em frente na mente.

~~~~~~~~~~~~~~~~

Toque, atritos... Toque-se...
Incita, aconchegue, lambuza.

~~~~~~~~~~~~~~~~

Com chama invoca-me na cama...
Transpira, insira..sons, ouvidos gemidos...

~~~~~~~~~~~~~~~~~

Ata-me, desata-me provoque...
Conduza ao som enfoque.

~~~~~~~~~~~~~~~~

..rija corrija em cima...
No toque do toque... exprima...
Embate nós dois num choque...

~~~~~~~~~~~~~~~~

Segue em ris...te na rima
Sente in...sano utópico...
Num poeminha erótico.

2 comentários:

  1. o gozo livre da tua retórica,
    brinda-nos com a fina flor da arte erótica...
    despida dos pudores dessa sociedade neurótica,
    e em busca de novas saciedades...
    um bálsamo para a poesia e para a saudade...

    parabéns moça

    ResponderExcluir
  2. Palavras associadas ao prazer de estar por querer e ser, e pertencer, fazendo amor e paz, torpor e
    ..bom..Ficou muito bonito, a expressão mais sincera é sempre sentida...Eu sinto a sua poesia!
    Amei !
    Beijos!

    ResponderExcluir