sábado, 13 de fevereiro de 2010

Lembranças

House of parliament, Sunlight Effect, Monet



Hoje um dia de sol morno, fui até sua velha casa, seus móveis ainda no lugar, a velha escrivaninha a estante em vidro que guardava suas relíquias a sete chaves, senti um aperto uma saudade difícil de se explicar, no ar ainda te escuto falando da horta falando do tempo brigando sozinho e com todos, que saudade vô ... Lembra quando falava das historias ? Ah vô ! Como era bom me contava tanta coisa ... sinto seu cheiro ainda pela casa sua voz ecoa em meu coração. Sabe dizem que é bom se guardar a boa lembrança e não ver o último momento, não sei se é na verdade, queria poder estar junto de ti para agradecer em que me transformou, sua essência está em mim . Me lembrei de um tempo tão precioso. . . "Saudades, Vô... da tua essência tão pura humildade Saudades, Vô... de tua santidade tão simples Saudades, Vô... do teu abraço , forte sem medo Saudades, Vô... dos teus passos, firmes Saudades, Vô... da tua teimosia tão sábia Saudades, Vô... do teu espírito jovem Vô, o senhor era invencível ao tempo! Guerreou uma batalha contra a morte" ( Ibeane Campos Moreira )

Um comentário: