quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Epílogo

Garden At Giverny, Monet



Mágica... magia... magicar
deslumbre momento aceitar.
O tempo, momento companhia,
desvaece sob a luz do dia.
Noite o breve vessar das palavras...
Desvelo de duas almas.
Âmago, essênio, epílogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário