sábado, 14 de janeiro de 2012

PJPOPEPLPVPAPNPDPEPRPLPEPIPPPOPZPZPOPBPOPM

Monet


Sabe aquela estrela que brilha acima das nuvens?

Essa mesmo o astro maior, o mais puro raio de Sol
o reflexo mais intenso do sitema solar,
ou o quinto grau da escala diatônica de dó,
ou mais ainda o dourado espetacular de um girassol.

Sabe aquele orvalho que a gente respira no primeiro horário da manhã?

Esse mesmo, esse que adentra bronquíolo e purifica toda a ramificação...
Esse que milhares e milhares de pessoas precisam para sobreviver,
ou o "ar" que dizem respirar quando precisam de uma brecha,
ou mais ainda o que te faz devanear na mais profunda abstração.

Sabe aquele líquido quente, preto e estimulante que bebemos?

Esse mesmo o bom e velho café, seja adoçado ou sem açúcar,
seja fraco ou forte, o importante é estar quente para sorve-lo
e estando quente é o bastante para inebriar-se e abarcar.

Sabe aquela nuança que você nota em uma tela?

Essa mesmo, aquela cor que denota alegria,
te convida para a vida e você começa a enxergar tão colorido...
Ou parece ser a mescla saindo de seus sonhos,
tingindo um arco-íris a própria fantasia.

Sabe aquela sensação?

Aquela que te faz maior...
Aquela que te cumula o espírito...
Aquela que te rejuvenesce...

Hum ainda nao sabe?

vou tentar dar uma pista...
...Mas se não descobrir não insista.

"PJPOPEPLPVPAPNPDPEPRPLPEPIPPPOPZPZPOPBPOPM"

(Esse pequeno rabisco tem uma causa, uma necessidade, uma sintonia, pra que complicar se amar é a própria poesia, te amo...)